28 de março de 2017

[Resenha #68] A redenção de Gabriel

 Titulo: A Redenção de Gabriel
Autor: Sylvain Reynard
 Editora : Arqueiro 
Páginas: 432
Sinopse:Lançamento dia 14 de janeiro de 2014. Depois do escândalo em que se viram envolvidos em Toronto, Gabriel e Julia se casaram e se mudaram para Massachusetts, onde ele dá aula na Universidade de Boston e Julia faz doutorado em Havard. Agora ela precisa provar que não vive à sombra do marido famoso. Mas parece que Gabriel não está pronto para ver a esposa caminhar com as próprias pernas. Além disso, as coisas entre eles não vão muito bem. Isso porque Gabriel está ansioso para ter um filho, mas Julia quer concluir o doutorado primeiro. Para ver realizado seu sonho de formar uma família, Gabriel terá que enfrentar fantasmas do passado. Será ela capaz de fazer isso? E será que a generosidade de Julia resistirá à ameaça de ver arruinada a carreira que ela tanto se esforçou para construir? "A Redenção de Gabriel" é o desfecho brilhante dessa trilogia que arrebatou leitores no mundo inteiro.  
Olá, meus leitores.  Hoje vim trazer a resenha do segundo livro da trilogia  O inferno de Gabriel.  Vou deixar aqui o link da primeira resenha para vocês não ficarem perdidos em meio a resenha, pois infelizmente para comentar do segundo livro vou ter que falar algumas coisas do primeiro, mas não vou soltar spoiler desse volume.




 O último livro terminou com Gabriel e Julia fazendo planos e tudo mais, no começo tudo é um mar de rosas, mas nem tudo é o que eles imaginam. Depois da bela viagem eles retomam para vida normal e é ai que tudo começa a se complicar. Julia por muitas vezes se questiona se é boa o suficiente para o Gabriel e isso a deixa várias vezes em conflito com si mesma. Uma denuncia ao comitê da Universidade da uma bela sacudida nos dois, uma pessoa (que para quem já leu o primeiro livro já deve imaginar quem seja) acusou Gabriel de assedio sexual.  A única coisa que Gabriel queria era que não descobrissem seu namoro com Julia até o curso acabar, faltava pouco tempo para ela se formar. O que mais o procura é que se tudo vier a tona a vaga de Julia em Harvard corre um sério perigo.

 Julia fica incrédula em uma das audiências ao ser acusada de trocar favores sexuais com o professor Emerson em troca de notas altas. De acordo com o que foi apresentado ela era uma menina ingênua e Gabriel  tinha aproveitado da sua ingenuidade para  conseguir leva-la para cama. Foi então que o Gabriel tomou uma atitude e jurou para o Pró-Reitor da faculdade que não teria mais contato com ela e que não a procuraria mais.  Julia fica furiosa, pois não compreende o que ele fez, ela fica um bom tempo sem noticias dele nem através da irmã dele que é uma grande amiga. Então o tempo passa e ela o reencontra e foi então que Julia percebeu qual era a verdadeira intenção de Gabriel. Mas não foi tão fácil assim, ele teve que lutar por ela de novo e faze-la acreditar em tudo em que ele contou.

Agora eles podem viver sem ficar se escondendo, pois Gabriel não é mais professor da Universidade, agora ele Dara aula em Boston perto de onde Julia está estudando. Gabriel promete a Julia que só fará amor com ela quando ela realmente voltar a confiar nele, eis ai que Gabriel põe uma condição que ele quer casar com ela. Julia não quer casar, não por enquanto ela acha que o relacionamento deles ainda precisa amadurecer muito, mas chega uma hora que o amor vai falar mais alto. Um livro marcante, com reviravoltas, emoção amor e a  reconstrução de um casal.



 Tenho que começar falando que eu peguei um lindo Spoiler do próximo volume,  já li a trilogia, mas quando  ia fazer a leitura desse livro eu peguei  A redenção de Gabriel  e li a sinopse achando que  ele que era o segundo livro, mas foi um spoiler que me deixou de coração cheio. Como não amar esse casal? É maravilhoso a desenvoltura deles e o amadurecimento de ambas as partes. Gabriel tá mais romântico nesse livro, algumas vezes até em exagero (rsrs). Julia por sua vez começou ter voz ativa não é mais uma  coelhinha.


 As cenas estão bem construídas a ambientação também. Esse livro nos mostra muito o amadurecimento nos sentimentos dos protagonistas, sei que falei isso no parágrafo acima, mas é muito importante ressaltar isso, pois  isso deixou o enredo mágico. Temos ainda certas limitações entre eles e certos assuntos que obviamente vocês vão gostar quando ler. Até uma parte o livro é marcado pelo julgamento e tudo que gira em torno dele e como isso afeta de maneira negativa o relacionamento dos dois, o que mais machuca e que só depois de um tempo você enxergar a verdadeira intenção de Gabriel. E em outro momento vemos a reconstrução de um casal desde o amor até a confiança.

 Esse livro tem certa tensão, pois  quem curtiu o primeiro livro fica ansioso para saber como esse vai acabar e se no final vai dar tudo certo. Nesse segundo volume os personagens secundários tem grande importância, como por exemplo, a Crista odeio essa mulher  consegui pegar mais ódio dela do que nunca. Temos também a empregada do Gabriel que é um amor, a família do Gabriel.




Esse livro é um livro para ser apreciado de vagar,  é uma leitura maravilhosa. Acho o pai do Gabriel um homem muito sábio ainda mais quando fala da  falecida esposa e isso me deixa com coração cheio, ele dá muitos conselhos ao filho que agora  o ouve com mais atenção.  As referencias a Dante continua e é algo maravilhoso de se ler.

A diagramação do livro segue a mesma, folhas amareladas, fonte em um tamanho bom e a capa lindíssima. A narração é em terceira pessoa e nos dá uma visão melhor e mais ampla dos fatos.Para quem quer iniciar no romance adulto eu indico muito essa trilogia, pois não é só focado no hot o hot é um bônus do livro se  a essência mesmo e a formação do casal. Espero que tenham gostado, grande beijo!

16 comentários:

  1. Oi ia, já li essa trilogia e como um todo não gostei mais, pois realmente achei a mocinha uma coelhinha rs Mas a ambientação é maravilhosa toda a pesquisa que a autora parece ter feito também é otimo. Que bom que vc gostou, tem até outro livro da autora que faz menção a esse casal, se não me engano. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oie, eu comecei a ler Sylvain Reynard pela série Noites em Florença e, mesmo não sendo a maior fã de livros com tramas sobrenaturais, apaixonei totalmente na trama. E se você pegou spoiler lendo o 3ª, imagina eu que só sei do casal o que li nos livros da série seguinte? Iniciar a Trilogia de Gabriel é uma das minhas metas de 2017 e espero gostar tanto quanto você. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Se tem algo que me arrependo amargamente foi ter virado a cara para essa trilogia quando ela foi lançada. Por estar na febre dos 50 Tons e a referência de que os fãs de uma iriam gostar dessa série, me desanimei totalmente. Não gosto de 50, apesar de amar livros eróticos. Enfim, só fui conhecer a escrita do autor(a) quando li A Transformação de Raven e me apaixonei por esse casal que aparece nessa nova série. Ai comprei a trilogia, mas ainda não tive oportunidade de ler, mal posso esperar para matar minha curiosidade sobre esse casal. Espero gostar tanto quanto gosto do Willian e da Raven.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bia.
    Já li a trilogia completa e agora estou acompanhando a série da Raven, que traz alguns flashs do Gabriel e da Julia. Gosto muito desses personagens!!
    Adorei a sua resenha e foi gostoso poder relembrar dessa leitura!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Oi Bia!
    Não sou muito adepto do gênero erótico não, então por mais positiva que seja sua resenha, ainda não tenho vontade de conhecer esse livro. Ja vi diversas resenhas de todos os volumes, e todo mundo fala muito bem, mas não me sinto envolvido pela trama e menos ainda pelos personagens.


    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Bia! Amoo essa trilogia, Gabriel é um personagem incrível, me apaixonei por ele desde que ele tinha 27 anos e citava Dante para a Julianne no pomar da casa dos Clark kkk. Adorei sua resenha, você explicou muito bem os detalhes da história. E te entendo totalmente, as capas não mostram a ordem certa da leitura e eu só não li a trilogia na ordem errada porque eu pesquisei no skoob kk. É realmente uma leitura maravilhosa, estou até com saudades desse casal.Bjss!

    ResponderExcluir
  7. Ahhhh Sylvain... Eu amei essa trilogia. Achei a história ótima, envolvente e todo o envolvimento de história da arte me fascinou.
    Estou muito triste da Arqueiro não terminar a série Noites em Florença.
    Adorei a resenha
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Sou supeeeeeer suspeita para falar sobre essa trilogia, eu simplesmente adorei! Apesar de achar a Julia uma chata as vezes! Agora deu vontade de reler! Bjs :*

    ResponderExcluir
  9. OOi!
    Uma amiga sempre me indica a trilogia, e ainda pretendo lê-la. haha Os elogios são muitos, e também amo essa premissa. Espero realizar a leitura em breve, e sua resenha me deixou ainda mais ansiosa. <3
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  10. Olá, Bia.
    Eu ainda não o primeiro livro, mas estou interessada em lê-lo. Apesar de não ser o tipo de leitura que costumo fazer, fiquei curiosa.
    Nesse segundo livro, acho que algo que pode me incomodar é o fato da Julia não se sentir boa o suficiente para o Gabriel, mas fora isso, acho que posso gostar tanto quanto você.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Oi Bia sua linda, tudo bem?
    A primeira coisa que chamou minha atenção nessa trilogia foi a referência a Dante, só por isso eu leria. Mas saber que é muito romântico e que irei me apaixonar por eles, é a cereja do bolo, risos... Acho que irei adorar o pai do Gabriel. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oii Bia, tudo bem? Que bom que gostou tanto desse segundo volume :D Sempre leio comentários bem positivos sobre essa trilogia, e também sobre a autora, mas ainda não animei a ler nenhum dos livros dela... quem sabe esse ano eu dou uma chance :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Para mim infelizmente o hot não é um bônus, e sim algo que me afasta de leituras. Não me interessei o suficiente pela premissa para querer ler, mas achei legal esse volume dar mais espaço para personagens secundárias e o fato de dar para perceber o amadurecimento no sentimento dos protagonistas.

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Gente eu vejo tantos elogios da série que acho que o problema foi específico comigo hHAHAHAAHAHA adoro o tema proposto pela série com o fundo de pano de Dante, pois amo demais essa questões na arte, porém a história em si não me prendeu. Achei a mocinha insegura demais e acabei desgostando demais da leitura. Não sei ainda se é uma coisa que gostaria de continuar, apesar dos elogios de várias pessoal e a sua resenha destacando ótimos pontos. É uma coisa ainda a ser superada. Porém isso não tira o mérito da sua ótima resenha!
    Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    Eu li por cima a sua resenha, porque ainda não li o primeiro livro e quero ler. Fiquei muito em saber que o primeiro livro termina de uma forma muito emocionante e esse livro continua no mesmo ritmo.
    Parabéns pela resenha
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Li a trilogia e gostei bastante. Concordo que a ambientação e as descrições são muito bem feitas e que é visível o amadurecimento de ambos os personagens.
    Confesso que um dos personagens favoritos é o pai de Gabriel e a forma encantadora (e com vários conselhos) que sempre fala de sua esposa, mãe de Gabriel.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir