31 de janeiro de 2017

[ Resenha #59] After

Titulo: After 
Autora: Anna Todd
Editora:Paralela
Páginas:524
Sinopse: Tessa, de 18 anos, sai de casa, onde mora com a mãe, para ir para a faculdade. Até então sua vida se resumia a estudar e ir ao cinema com o namorado doce que conheceu ainda criança. No primeiro dia na faculdade, onde ela passa a dividir um quarto com uma amiga que adora festas, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito de garota certinha. Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar.Tessa logo descobre que Hardin possui um passado cheio de fantasmas e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma.
 Olá, meus queridos leitores. Tudo bem com vocês? Espero que sim. Vocês andam reparando que ultimamente estou só lendo livro indicado por minhas leitoras, e esse não é diferente. Comecei a ler a série After, e fiquei surpresa comigo mesmo quando olhei para o calendário, e percebi que demorei 7 dias para ler a série, ou seja  vocês  vão ter bastante resenha rsrs. Vamos conferir o que eu achei?

“Bonzinho? Essa é a primeira coisa que vem a sua cabeça quando fala do seu namorado? É  uma forma educada de dizer que ele é chato.”

Theresa mais conhecida como Tessa, sempre sonhou em entrar para faculdade, estudou anos para isso, e até que conseguiu. Theresa foi criada dentre os limites rígidos da mãe, já que seu pai havia saído de casa há tempos. Ela é um tipo de garota retraída que usa roupas que não favorecem nem um pouco seu corpo. Tem o namoro super certinho que tem tudo haver com ela. Quando Tessa entra para faculdade descobre que vai dividir o quarto com Steph uma garota totalmente ao seu oposto, com cabelos ruivos e toda vestida de preto e pelo visto nada organizada. A mãe de Tessa logo se prontificou e queira por que queria  que a filha trocasse de quarto, pois disse que Steph era uma péssima influência para sua filha. Depois de muito custo Tessa  convence sua mãe a deixa-la naquele quarto. Com o tempo Steph e Tessa ficaram amigas. Um dia quando  Tessa  saiu do banho deu de cara com um cara todo tatuado deitado na cama de sua colega de quarto. Com o tempo eles se conhecem, mas ela não o suporta e ele muito menos.

“Você não faz meu tipo, assim como eu não faço o seu.”

Hardin é um cara cheio de tatuagens que gosta de viver a vida intensamente. Faz o estilo bad boy que pelo menos a metade das meninas da faculdade já passaram por sua cama. Ele é um tanto arrogante, gosta de uma boa confusão é não está nem ai para nada, muito menos para as consequências de seus atos. Com o tempo a atração dos dois foi ficando mais forte, porém Tessa namora, e não sabe o que fazer com esse sentimento que está surgindo pelo Hardin.  Eles passam a sair,e se conhecer melhor tendo lá seus altos e baixos, pois brigam por qualquer coisa, só que quando eles pensam que está tudo certo,   eis que  a verdade sobre algumas coisas vem a tona. Será que eles vão superar?

“ A única certeza que eu tenho é de que minha vida e meu coração nunca mais serão os mesmo depois de Hardin.”

  Tenho que confessar que já estava louca por esse série faz muito tempo, pois sou o tipo de leitora que ama o casal que faz o tipo gato e rato, sei que muitas pessoas odeiam, mas eu amo. Foi muito fácil me sentir fisgada pela escrita da autora.  Tanto que li a série muito rápido por que a cada final ela solta uma bomba no seu colo que você se sente na obrigação de ir correndo para os outros livros. Sei que a relação de muitas pessoas com essa série e de amor e ódio e no meu caso estou no time do amor.

“ Hardin é como uma droga para mim”

O casal briga o tempo todo, e acho que é isso que faz os leitores desistirem  da série, mas tenho que confessar que eu amei as brigas. A personalidade de Hardin é muito complexa, ele é explosivo, mas tudo tem o sentido, e ao longo dos outros livros vamos entender melhor.  Mesmo eu o amando de paixão mesmo, tinha horas que não tinha como defendê-lo, pois ele só fazia cagada. Tessa as vezes era muito ingênua, mas  eu a entendia na maioria das vezes. Sei que o que muitos leitores não gostaram na Tessa era com a facilidade que ela tinha de perdoa as besteiras do Hardin, mas ela era a única que se importava com ele e o entendia completamente. Eu amei esses dois personagens, e sim vou defendê-los, por mais que sei que tem gente que odeia (rsrs.)

“ É assim que você é, é isso que você faz. Você encontra a fraqueza das pessoas e explora isso. Usa para o seu beneficio.”

Temos os personagens secundários que são de grande importância como o namorado ou ex da Tessa o Noah, ele faz o tipo certinho, mas que dar um ar na estória. Também temos Ladon o filho da atual esposa do pai de Hardin. Ele virou o melhor amigo da Tessa. Ele é um personagem pelo qual me encantei queria muito ter um amigo como ele, pois ele sabe a hora de falar e a hora de escutar.

 A ambientação está maravilhosa, com aquele clima de fraternidade, as festas rolam soltas. Gostei muito dessa parte pude me senti lá em algumas das festas, apesar de que acho que não teria coragem de ir a alguma mesmo sendo convidada. A autora é bem detalhista então faz os leitores entrarem de cabeça na narrativa.  As cenas hots são bem estruturadas e muito bem elaboradas nada chulo.   A leitura é bem fluida quando você percebe já está no fim do livro.

 O livro foi uma descoberta valiosa para mim, sei que muitas pessoas vão me odiar por defender o Hardin tanto assim, mas quem chegou ao ultimo livro vai entender bem melhor muitas coisas.  O livro me arrancou lágrimas ao chegar ao fim, ei já sabia mais ou menos o que seria por que há anos atrás já tinha lido resenhas sobre a obra, mas mesmo assim chorei muito, e corri para o outro.  Indico esse livro para quem gosta daquele New Adult cheio de reviravolta, cheio de intrigas e inimizades.   O livro supriu todas as minhas expectativas assim como a série, claro que alguns eu gostei mais que outros, mas isso não importa. Então espero que tenham gostado da minha resenha

20 comentários:

  1. Acho interessante os livros onde o casal protagonista vive em conflito, pois torna a leitura mais real. Afinal, que casal vive de amores 24h por dia?
    After é muito meu estilo de leitura, então vou deixar essa dica passar.

    ResponderExcluir
  2. Oie! Tudo bem?
    Não é de hoje que estou de olho nessa série, tenho muita curiosidade de conhecer a histórias e esses personagens tão falados, espero gostar tanto quanto você!
    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bianca!
    Tenho esse livro há tempos na estante e ainda não o li.
    Essa personalidade de Hardin é o que me faz ter receio de ler. Não sei se eu iria entender o motivo dele maltratar tanto uma pessoa.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Não sinto a menor vontade de ler esta serie, talvez porque tenha muitos livros, talvez porque todas as descrições sobre o protagonista, me façam concluir que ele é um babaca. Mas o que mais me afasta do enredo mesmo, é essa coisa do casal brigar o tempo todo, com certeza, eu não teria paciência.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Gostei do modo como você escreveu a resenha, me pareceu sincera, mas em relação ao livro, tive a impressão de ser bastante clichê. Não gosto de histórias onde a mocinha se apaixona por um "bad boy"

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Gostei da resenha, mas acho que ando lendo muitos livros neste estilo ultimamente e estou enjoando de tanto romance. hahah
    Por enquanto passo a dica.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu já li essa série e mesmo com todos os percalços da história, eu gostei da leitura.
    Não vou mentir, fiquei com muita raiva dos personagens em vários momentos da história, tanta raiva de dar uns tapas neles rsrsr
    Mas foi uma leitura que gostei.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. oi, bacana saber que você foi do time que ama a série, realmente, ouço bastante críticas em relação a ela e isso me deixa sem vontade de ler. Mas gostei de saber que tudo é bem estruturado, com reviravoltas e os personagens parecem bastante cativantes. Quem sabe uma hora qualquer eu dou uma chance a ele.

    ResponderExcluir
  9. Ao contrário de você sou o tipo de pessoa que odeia casal gato e rato, por isso até hoje não senti o menor interesse em conhecer essa história. Clima de fraternidade, com as festas e tal, e cenas hot, também são coisas que não me atraem nem um pouco. E duvido que eu fosse gostar dos protagonistas, ou seja, melhor passar a dica mesmo porque essa leitura não tem nada a ver comigo.

    ResponderExcluir
  10. Oii Bia, tudo bom?
    Menina, como assim, sete dias para ler a série toda? :o Ela realmente deve ser muito boa para te prender assim. Também adoro um casal gato e rato, que ao mesmo tempo que explodem um com o outro, se amam e saber que esse casal é assim me deixou super curiosa para conferir a série. Curti saber sobre a não vulgarização das cenas hot e que o linguajar usado não é chulo (isso sim costuma me incomodar bastante). Outro ponto que amei saber é da importância dos personagens secundários na história.
    Enfim! Espero poder ler a série em breve (e estar no time dos que amam né? rs)! Amei a resenha!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  11. Amo livros clichÊs como esse parece que é. Então já posso dizer que eu gostei muito do modo como você escreveu a resenha porque foi bem sincera, o que as vezes é bem difícil de vermos.
    Quero muito poder ler e conferir esse relacionamento entre uma mocinha e um bad boy.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oiee
    Essa é uma daquelas séries que ou você ama ou você odeia. Eu, particularmente, gostei bastante, Li todos os livros e vivi uma relação de amor e ódio pelo Hardin. Tem horas que da vontade de matar ele... kkkkkkkkkkk
    Mas, conheço muitas pessoas que detestaram. Então, é uma questão de gosto. Eu até recomendo a série, mas sempre aviso: tem horas que vc vai odiar.
    Bjo

    ResponderExcluir
  13. Oi Bianca, tudo bem?
    Esse livro fez sucesso há uns anos, mas na época não havia chamado muito a minha atenção, e diferente de você, não curto muito casais que só sabem brigar e arrumar motivo bobo para não ficarem juntos. Eu não enxergo o amor dessa forma, sabe? Mas enfim, fico feliz em saber que os motivos do mocinho são válidos e já fiquei curiosa para descobrir, e achei legal saber que o leitor se sente no clima de fraternidade. Lerei um dia, se tiver oportunidade, mas não creio que teria coragem de ler os outros livros.. são muitos! haha

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  14. Gostei da sinceridade na sua resenha, não gosto muito de romances em que a moçinha se apaixona pelo bad boy,eu não vejo um amor saudavel, mesmo que seja um livro...
    Um beijo, parabéns pela resenha !

    ResponderExcluir
  15. Olá, apesar de todo seu encantamento pelo enredo, tenho que te dizer que ele não me chamou muita atenção assim. Diferente de você, não gosto desse tipico casal gato e rato, que vive terminando e voltando. Acho isso muita falta de maturidade, tanto em livros como na vida real. Bad boys também são uma pedra em meu caminho, acredito que isso deixa o lado ruim de alguém muito romanceado. Nada saudável.

    ResponderExcluir
  16. Oie, interessante ver sua opnião apesar de que particulamente não gostar da série e odiar o Hardin, e sim, antes que pergunte eu li todos, não gosto do tipo de relacionamento abusivo mostrado na série, e não concordo com os motivos dele ser do jeito que é, para mim nada justifica.. enfim é questão de gosto!

    Bjs

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Já vi esse livro inúmeras vezes e fiquei maravilhada com a sua resenha, adoro esse clima de fraternidade e não sei porque, mas acho que a história fica mais gostosa de se ler; fiquei com muita vontade de conhecer melhor esses personagens e saber a fundo mais a relação entre eles.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu já vi esse livro por ai,mas confesso que não tenho muita curiosidade com o mesmo, a premissa não chama minha atenção e não sou lá fã de casais tipo gato e rato, muito menos de bad boys. Acho que essas brigas constantes iriam me irritar e o Hardin não parece ser um personagem que me conquistaria. Enfim, descarto a dica, mas gostei de saber sua opinião sobre.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  19. Oi, Bianca

    Realmente as pessoas ou amam ou odeiam esse livro. Eu, como não li, não sou capaz de opinar (estilo Glória Pires) mas a verdade é que meu interesse em ler essa série é inexistente. Eu adoro NA, mas esse negócio de briguinha toda hora e de bad boy me irrita demasiadamente. Eu passo longe de NA assim. Entretanto, que bom que você curtiu!

    Beijo

    ResponderExcluir
  20. Apesar de toda a fama que cerca essa autora, nunca me atraí por seus livros...

    Não gosto muito de romances assim, com um cara babaca e uma menina boba apaixonada, mostra o tipo errado de romance: o violento. E mostra as nossas meninas que quando um menino briga com ela, é porque ele gosta dela. Isso não é amor, nem paixão e não acho que nossas meninas deveriam ser ensinadas a isso...

    Mas que bom que o livro alcançou suas expectativas, é muito bom quando nos animamos com uma leitura!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir