1 de janeiro de 2017

[Resenha #53] Místicos- Alma Perdida

Titulo: Místicos-Alma Perdida
Autora: Ellen Savvy
Publicação independente
Páginas: 413

Sinopse:O que você faria se descobrisse que está rodeada por seres místicos e que eles não são exatamente como você sempre acreditou?
Elena, uma cirurgiã oncologista, está sendo atormentada por pesadelos sem explicação. Ela conhece Seth, um médico recém contratado que passa a ajudá-la a enfrentar essa fase difícil e inexplicável; e Evan, uma celebridade engajada em ações sociais. 
O que Elena não sabe é que ambos são seres místicos que surgem para protegê-la contra os perigos do caminho obscuro de Bruxas e Demônios e ela vai precisar decidir para qual deles entregará seu coração.
Com um cenário cheio de mistérios, os bons nem sempre serão bons, os maus nem sempre serão maus e nada é exatamente como parece ser. 
Místicos - Alma Perdida, é uma história de amor e grandes batalhas, onde diversos seres místicos estão envolvidos para possuir ou salvar Elena. 


Olá, meus queridos leitores. Tudo bem com vocês? Espero que sim. Antes de começar gostaria de desejar a todos um feliz ano novo, que esse ano nos traga paz, saúde, esperança, amor e tudo de bom que merecemos. Nessa primeira resenha do ano, tenho que deixar claro que finalizei essa resenha nos quarenta e cinco do segundo tempo para o final de 2016. Vamos conferir?


“Se eu tivesse um coração, ele estaria partido ao ver tanta dor, mas eu não tinha um coração, eu era uma divindade, um Deus, Não tinha Alma, não tinha coração, não tinha Espírito Ainda assim, da minha própria forma, eu sentia. Eu tinha sentimentos.”

 Nos livros somos apresentados a Elena, uma oncologista muito conceituada no seu ramo profissional, mas ultimamente Elena está tendo pesadelos, e isso está atrapalhando seu desempenho no hospital. Com isso sua amiga, Miranda que é diretora do hospital a proíbe de clinar por um tempo. No começo Elena fica processa de raiva  e não compreende a atitude da amiga. Mas ela sabia que Miranda estava no seu direito de preservar tanto os pacientes quanto o bem estar da própria amiga que já foi pega se automedicando. Elena tinha uma grande amiga na qual nutria um amor de mãe, já que Elena era órfã e cresceu em um orfanato. Essa amiga de Elena também tinha um carinho enorme por ela, e por isso deixou em seu testamento que Elena iria tomar conta de sua  herança, e iria fazer da herança dela  bolsas de estudos para jovem, que assim como Elena queria ser alguém na vida. Quando era mais nova alguém custeou os estudos de Elena dando a ela todo suporte para se tornar a profissional que ela é hoje. Em um dia comum Elena se depara com Seth o novo médico responsável pelo pronto de socorro do hospital, não tinha como não se sentir atraída por ele, já que ele realmente tinha uma fisionomia admirável. Acabaram se conhecendo melhor e virando amigos. Um dia Elena foi até a ala infantil onde tinha um garotinho muito especial para ela. Matt era um garotinho que vinha do mesmo lar de adoção que Elena vivia, ele tinha leucemia e seu tempo era pouco. Quando ela chega para brincar percebe um homem sentado de costas para ela brincando com Matt, quando ele se vira para se apresentar ela assusta, pois ele e ninguém mais ninguém menos que Evan Mors, líder de uma banda muito famosa. Com o tempo Evan conhece melhor Elena de uma maneira diferente, ele tenta descobri sobre ela através de sua alma, já que ele é um Deus, mas de nada adianta, pois ele só consegue ter sensações nada explicáveis. Já Seth é um Warlock, eles são conhecidos por serem maus, mas Seth é diferente ele é o protetor de Elena. O que Elena não sabe é que está cercada por seres místicos. E sem perceber ela está ligada a Seth e a Evan de uma maneira que ninguém consegue explicar.
Uma estória cheia de: Magia, bruxas, demônios, Deuses e seres místicos.
 Para qual deles ela entregará seu coração?

“Nunca tinha me alimentado da essência  de qualquer ser humano antes”

 Quando recebi esse livro, não imaginava a grandeza que ia encontrar, pois a capa não tinha me chamado atenção, mas depois de pude perceber que a capa tem todo sentido. Não sei há quanto tempo não me sentia ligada a uma estória assim de primeira, pois sempre temos aquela parte de adaptação com os livros onde ainda estamos conhecendo os personagens, e com esse livro não foi assim foi como seu eu já conhecesse todos os personagens, a estória te puxa para dentro dela e você não consegue sair. Confesso que li a estória sua devagar, pois não queria que acabasse.

“ Fiquei apreciando sua beleza por vários minutos, ainda frustrado por não  ouvir seus pensamentos, ou sentir seus sentimentos”

 Os personagens são maravilhosos. Todos bem construídos. Elena é forte e sempre tenta ser compreensiva com tudo que acontece ao seu redor, é um personagem fácil de identificar. Seth é um personagem de coração grande, que se você precisar ele estará em qualquer lugar, ele tem lá seus momentos mais é um personagem incrível. Evan é uma pessoa maravilhosa sempre se procurando com o próximo, e participando e promovendo ações solidarias isso me encantou. Assim como Seth ele é um personagem de coração grande. Os personagens secundários aqui tem grande importância ao longo do enredo, pois eles trazem uma essência que o livro precisa em algumas cenas.

“ Eu podia seguir qualquer Alma em minha forma divina, mas existiam barreiras cuja ética não me permitia quebrá-las.”

É uma estória linda de poli amor, não é o primeiro livro que leio com essa temática o primeiro foi Oposição. Muitas pessoas não compreendem esse tipo de amor, mas em todos os livros que já li dessa temática é um tanto real. No caso de Elena uma coisa a prende a Seth e a outra a prende a Evan.Confesso que não sei para quem torcer, pois me apaixonei pelos dois personagens  acho que o poli amor da estória me contagiou .  A autora em momento algum deixa pista de com quem ela vai ficar.

 “-Não.Eu prefiro ser roqueiro do que ser ator.-Respondi com a maior sinceridade que tinha para dar a ela.-Atuando eu finjo ser alguém, cantando eu expresso o que sou.” 

 A escrita da Ellen é maravilhosa. Uma escrita detalhada, mas não aquele detalhado que deixa a leitura arrastada, e sim aquele detalhado que é essencial para estória. A ideia central da estória é maravilhosa eu me senti uma personagem, e tive vontade de ser mística. Uma escrita viciante.


17 comentários:

  1. Muito obrigada por sua resenha. Não há felicidade maior do que saber que, de alguma forma, consegui tocar o leitor. Ler sua frase: "tive vontade de ser mística" me tocou muito, pois eu tive um carinho especial ao criar esse mundo místico que mistura tantos seres distintos.
    Estou emocionada!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Ao ler a resenha me lembrei um pouco do livro Fallen, a história parece bem legal e gostei principalmente da Elena, parece uma personagem bem legal, porém fiquei um pouco saturado de triângulo amoroso, mas achei muito legal essa ideia de trazer poliamor é sempre bom abordar novas temáticas e fazer com que alguns acabem com certos preconceitos.
    Trouxa do Livro

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Esse também não é um livro que eu pegaria pra lê por causa da capa, que não chamou a minha atenção em nada, entretanto, quando fui lendo a sua resenha fui ficando muito curiosa com a obra e por isso dica anotadinha aqui. Adorei conhecer a obra aqui no seu cantinho, e espero gostar dela tanto quando você quando tiver a oportunidade de lê-la.

    ResponderExcluir
  4. A forma como você descreveu a Elena, já me deixou bem interessada na história toda, porque uma protagonista forte é tudo o que um enredo precisa. Fiquei muito interessada, e espero ler em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Vou confessar que apesar de amar tramas que envolvam séries místicos eatava pronta pra dispensar a história quando comecei a ler a sua resenha, mas aí você falou que se trata de uma trama de poliamor e me pegou pela curiosidade. É o primeiro livro que conheço que tem esse tipo de relacionamento e fiquei extremamente curiosa pra saber como a autora utilizou isso no livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. É sempre bom quando um livro nos surpreende. Sua história parece nos abraçar e cativar.

    A estória de Elena parece ser muito interessante, gostei da sinopse do livro e de sua resenha!

    Lembre-se sempre: nunca julgue um livro somente pela capa! ;D

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Bianca,
    Acho que faço parte do time que não curte livros com a temática poliamor. Não consigo me imaginar lendo um livro nesse tema e gostando.
    Achei sua resenha interessante e fiquei contente pela profissão da protagonista. Nunca li nenhum livro com uma oncologista, mas acho que a história não me tocará comotocou você.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Oi. Nunca ouvi falar desse livro mas a resenha me deixou bastante curiosa, nunca li livros onde há poliamor e nem nada envolvendo oncologistas, anotarei a dica pra ler esse ano, beijos.

    ResponderExcluir
  9. Esse negócio de poliamor é a mesma coisa do tal triângulo amoroso? Porque se não for, nunca li uma obra do tipo, e fiquei morrendo de vontade de conhecer essa.
    A capa realmente não chama a atenção, mas que bom saber que a história é maravilhosa assim. Quero muito ler!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que esse livro não chamou muito a minha atenção, porque não é um gênero que costumo ler, sabe? Mas pela sua resenha deu para ver que se trata de uma boa obra mesmo, gostei de saber que é envolvente e os personagens são bem construídos,mas não é uma leitura que faria no momento.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  11. Oieee
    Enquanto lia sua resenha não imaginava na reviravolta dá história.
    Pensei: como assim????
    Mas não curto muito essa de poliamor não, mas daria uma chance.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Realmente se eu tivesse visto esse livro eu não fazia ideia do que iria encontrar porque a capa e a sinopse não me deu base nenhuma, mas sua resenha conseguiu me prender e agora vou fechar os olhos pra capa feia e comprar esse livro. Beijos

    ResponderExcluir
  13. O que mais me chamou atenção na resenha e no livro, foi o teor da personagem Elena, ela me parece ser aquele tipo de personagem que consegue nos prender. Você conseguiu me deixar instigado para conhecer a escrita e o enredo deste livro, vou logo buscar para comprar.

    ResponderExcluir
  14. Olá =) Não conhecia o livro, adorei conhecer através de sua resenha. Além de me apresentar me deixou curiosa para ler. Saber que os personagens são bem construídos, que a Elena é forte (pois adoro quando as personagens principais e femininas são fortes). Saber que é uma livro de poli amor apenas me anima mais em ler. Beijos'

    ResponderExcluir
  15. Oie
    não conhecia o livro mas parece ser uma leitura diferente e interessante, mas não sou fã de fantasia mas parabéns pela resenha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Biancam tudo bem?
    Que bom que você gostou da obra, mas lendo sua resenha eu cheguei a conclusão que comigo o livro não fluiria, por isso deixo a dica passar.

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Confesso que não conhecia a autora e nem o livro, mas a história me interessou. Quero saber quem é Seth e Evan, como eles vão lutar pelo amor da Elena. E que magia tem escondida em meio a tudo isso.
    Amei a sua resenha e vou anotar a sua dica.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir