13 de novembro de 2016

[Resenha #46] Meu Erro

 Titulo: Meu Erro (Segredos #1)
Autora: Cinthia Freire
Páginas:380
Sinopse: Segredos são como fantasmas nos assombrando e nos fazendo crer que são reais.Todos tem os seus fantasmas.Carol tem os seus e há algum tempo eles parecem estar adormecidos. Gabriel desistiu de tentar frear os seus fantasmas há muito tempo e decidiu o caminho mais fácil, vivendo uma vida sem regras e limites.Eles estão na mesma estrada, mesmo que estejam em sentidos opostos. Enquanto ela tenta fugir da escuridão, ele só quer se perder ainda mais.Uma história emocionante sobre até onde somos capazes de ir para salvar aqueles que amamos e sobre acreditar que todos tem uma segunda chance.Mesmo que para o resto do mundo isso pareça um erro.

 Olá meus queridos leitores tudo bem com você? Espero que sim. Em breve o blog irá passar por uma transformação, vocês já devem ter percebido que o cabeçalho já deu uma mudada né? Então vêm mais coisas por ai, espero que vocês gostem. Hoje vim falar de um livro que fiquei super empolgada para ler, pois a Thais do blog Thays M.de Lima estava indicando esse livro aos quatro ventos, vamos vê o que eu achei?


 No livro meu erro, temos a estória de Caroline uma jovem que mesmo com pouca idade já passou por momentos delicados, e agora luta para deixar o seu passado para trás. Ela faz o possível para se manter lúcida e não perder o controle de si mesma. Caroline mora com sua amiga Verônica que ao contrario dela é uma baladeira de mão cheia, o relacionamento das duas é como se fosse de duas irmãs. Ela trabalha em uma biblioteca e seu chefe é seu grande amigo no qual ela tem toda liberdade em conversar e desabafar sempre que possível. Gabriel é um jovem que teve uma perda significante, depois de perder sua mãe ele culpa o pai pela morte dela. Em meio a essa confusão Gabriel se afunda em drogas e álcool, tentando de uma maneira indiretamente atingir quem ele acha que é o culpado pela morte de sua mãe, mas o que ele não percebe que o único afetado nessa estória era ele. Gabriel tem aquela fama de Bad Boy sem sentimento algum e com essa fama de pegador ele acaba indo para cama com a Verônica amiga da Caroline. Depois de uma noite bem quente quase pegando fogo com Gabriel, Verônica acaba sendo motivo de piada na faculdade. Carolina fica revoltada e vai atrás de quem é que ela acha que começou a espalhar boatos sobre sua amiga. Em uma noite que Gabriel estava saindo com seus amigos um cara o pergunta  se ele conhece a Verônica, mas para surpresa de Gabriel aquele era o irmão dela e eles acabam se envolvendo em uma briga que renderá até onde menos você pode imaginar.

“O liminar entre a loucura e a lucidez é uma linha fina e invisível.”

 Bom, desde o primeiro capítulo desse livro fiquei literalmente alucinada com a escrita da autora, ela sabe levar o leitor ao encontro dos personagens e isso me fascina. A premissa muitas pessoas podem achar clichê, pelo fato de hoje em dia muitos personagens terem traumas do passado, mas sabe o que é um personagem bem construído? Então cada personagem aqui tem sua essência e ela não se deixa perder ao longo da narrativa, muito pelo contrario a essência só vai crescendo. O enredo desse livro está fantástico, você irá se surpreender varias vezes ao longo da narrativa. A escrita da autora me deixou maravilhada, pois é uma escrita que te cativa que chama o leitor para ler mais um capítulo.

“Desorientação é o primeiro sintoma que tenho assim que volto a mim.”

 Achei muito interessante a forma que a autora tratou temas como alcoolismo e drogas, ela soube nos transmitir de perto o que os personagens sentia, vamos como às vezes os dependentes químicos vão ao fundo do poço, mas mesmo assim não sabem lidar com a situação. Ela usou leveza nas palavras, mas também nos deixou um recado através desse enredo todo. Acho muito bacana quando autores colocam em seus livros temas considerados TABUS, pude me identificar com essa parte, pois sei o qual difícil é ter alguém que nos gostamos nesse meio e não podemos fazer quase nada, pois a própria pessoa rejeita ajuda.O amigo de Gabriel o tempo inteiro quer o ajudar em relação a ficar limpo, e as vezes eu achava que ele fazia coisa até demais para o Gabriel, mas só ai que eu percebi que ele era o único que acreditava que ele poderia sair dessa e o seu papel de melhor amigo era ajuda-lo.

“Eu não sou um caso perdido. Ele não sabe de nada. Eu não sou isso...”.

 O livro é narrado em primeira pessoa, com pontos de vista intercalados, mas a narração da Carol predomina. Como vocês sabem amo esse tipo de narrativa. Os personagens secundários tem grande importância, pois a todo o momento eles estão se envolvendo em cenas do livro.  Senti-me cativada pela Verônica, teve horas que eu achei ela meio intrometida, mas depois me coloquei no lugar dele e se  fosse com minha melhor amiga eu também seria da mesma forma que ela.

“Gabriel vive praticamente sozinho, ele e a sua empregada, que hoje é sua única figura familiar.”
A história de Gabriel e Carol não é algo momentâneo, eles vão criando laços ali e realmente é uma história de amor maravilhosa. Esse livro me lembrou um pouco a do livro O Inferno de Gabriel, pois o Gabriel vê em Júlia sua salvação e aqui vemos que Gabriel precisa tanto da Carol quanto a Carol precisa dele, eles são quebrados por dentro, mas juntos são capazes de se tornar um só. O livro tem sim suas partes sensuais, mas muito bem escritas. Uma escrita cativante. Só tenho a parabenizar a autora, pois o livro tem mais de 300 páginas, mas é uma leitura super fluida e é impossível não se sentir apegada aos personagens, me senti muito apegada ao Gabriel, eu queria o tempo todo ajuda-lo, mas as vezes eu queria da uns tapas nele. A essência do livro é maravilhosa, no fim o livro vai te surpreender e te deixar uma lição. Indico de olhos fechados esse livro. Chorei feito uma criança quando acabou, por que o livro me marcou. Espero que  quem ler ame esse livro o tanto que eu amei.





11 comentários:

  1. Não me interessei muito pela proposta do livro, mas acho bem interessante quando um autor se propoe a discutir temas tabus na sociedade e faz isso muito bem e de forma cativantes. Sabe se a autora tem outros livros?

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  2. Olá Bianca =)
    Pela sua resenha deu para percebe como gostou do livro. A história apresenta ser bem emocionante. História temas como alcoolismo e drogas costuma ser forte. O livro parece ser mais interessante do que eu imaginava. Já anotei a dica. Beijos'

    ResponderExcluir
  3. Olá Bianca,
    Acho muito legal quando lemos um livro e percebemos que ele tem uma grande lição.
    Já ouvi falar dessa obra, mas apenas por alto e não sabia, ao certo, sobre o que se tratava.
    Gostei muito dos temas que são tratados no livro e acho que a autora conseguiu fazer isso muito bem. Muito legal você ter ficado alucinada com a escrita da autora.
    Dica anotadíssima.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Me interessei pela premissa principalmente por abordar temas como alcoolismo e drogas.
    Dica anotada. Eu nunca li nada da autora.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Bianca fico muito feliz em saber que você gostou da história de Carol e Gabriel. Obrigada pela linda resenha! Bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá Bianca fico muito feliz em saber que você gostou da história de Carol e Gabriel. Obrigada pela linda resenha! Bjos

    ResponderExcluir
  7. Gostei de saber que a trama trata de assuntos importantes. Drogas e alcoolismo são assuntos que não vejo tanto em livros, talvez não tive oportunidade, mas então gostei da dica. E é bom saber que a leitura é fluída, fiquei envolvida pela trama. Eu espero que seja uma leitura extremamente proveitosa.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Sabe que história me lembrou a desse livro? "Quando eu era Joe". A capa principalmente, lembra demais! Eu fiquei muito curiosa para conhecer a história desse livro, parece ser bem intrigante, fora que eu adoro quando envolve problemas sociais como o álcool e a droga, afinal são problemas da nossa realidade. Adorei a resenha, parabéns!
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  9. Oii Bianca, tudo bem? Gostei muito da sua resenha! Ultimamente tenho lido muitas resenhas positivas sobre ele e minha vontade de ler só cresce. Adoro new adults! Já comprei o e-book e espero ter tempo para ler logo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    A primeira coisa que me chamou a atenção nesses livros são os nomes dos personagens, que são os mesmos que o meu e do meu namorado hahaha Realmente, hoje em dia é bem comum esse passado turbulento, mas saber que a grande jogada da autora foi a construção das personagens me fez ficar com muita vontade de ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oie Bia,

    Uma resenhista do blog falou desse livro e fiquei apaixonada pelo modo como o enredo é desenvolvido. relacionamentos em si são complicados e turbulentos, é muito difícil hoje, encontrar um relacionamento fácil. Até mesmo porque as personagens demonstram isso: Não é fácil, mas estão tentando.
    Ótima resenha, e esse livro está na minha wish de Dezembro.

    ResponderExcluir