14 de outubro de 2016

[Resenha #42] A Garota do Calendário [ Janeiro ]

Titulo: A Garota do Calendário [Janeiro]
Autora: Audrey Carlan 
Editora: Verus
Páginas:144


Sinopse:Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street JournalMia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.



Olá meus queridos leitores, tudo bem com vocês? Espero que sim!
Hoje vim falar do primeiro livro da série A Garota do Calendário, vamos conferir tudo que eu achei? 
Em breve resenha de Fevereiro!

 Mia é uma jovem que se vê sem saída quando seu pai está em coma devido a uma grande divida com um agiota. Essa divida é no valor de um milhão de dólares. Sem muitas opções ela decide aceitar a proposta da sua tia para ser acompanhante de luxo. No seu primeiro mês ela conhece Wes, um roteirista de Malibu, um homem lindo simpático e que gosta de surfar. A relação dos dois era apenas de negocio digamos assim ela o acompanha em seus eventos e no fim do mês era recompensada por isso. Mia não era obrigada a ir para cama com Wes só iria se ela tivesse vontade, mas a cada página a atração dos dois começa a se intensificar. Um mês foi pouco para tantos sentimentos novos

“Você vai ser enviada para onde o homem estiver e ser tudo que ele precisa durante um mês”
Tenho que confessar que estava cheia de expectativas com essa série e graças a Deus a autora supriu todas. Mia é uma personagem que me cativou, não sei por que, mas me identificava com tudo que ela fazia e com todos os seus pensamentos. Ela é jovial é bem madura para entender que mesmo não querendo ela precisa fazer esse serviço para tentar salvar a vida do pai.

 “Contos de fadas não existem, especialmente para garotas de Las Vegas com um caminhão na bagagem”

Wes, é maravilhoso já me encantou de cara, por mais que ele tenha dinheiro em momento nenhum se gaba por isso, o achei tão humano quanto nós, fora que é um gato. Senti-me envolvida por ele pelo jeito carinhoso que ele tratava a Mia, não a tratava como uma qualquer que estava ali apenas para o acompanhar ele a tratava de igual para igual com muito afeto é carinho.

“Mesmo vestida como uma Barbie, interpretando papel de uma acompanhante-troféu, eu ainda sou Mia Saunders.” 

 A escrita da autora me cativou muito. A leitura é fluida e o que me chamou atenção e me agradou muito é que a Audrey não faz rodeios ao longo de sua narrativa ela já vai direto ao ponto. A escrita é um tanto jovial me senti atraída pela narrativa. O livro é todo narrado pelo ponto de vista da Mia.Um livro que você pode ler um dia, pois tem menos de 150 paginas. O final me fez chorar, pois sou uma pessoa muito emotiva. Ao contrario de outros hots, esse é leve e tem toda uma trama por trás. Uma escrita um tanto sensual que vai fazer você arrancar suspiros e querer saber logo como vai ser a aventura da Mia com o novo cliente.

15 comentários:

  1. Oi Bianca, tenho janeiro e fevereiro, mas não li ainda. Estou dando um tempo, pois já li várias resenhas e como estava com um pé atrás com esta série, preferi esperar a poeira baixar um pouco antes de ler. Gosto quando os autores não enrolam, ainda mais quando não tem necessidade disso. Espero gostar como você.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Olá!! :)

    Eu confesso que já conhecia o livro. Como não o fazer, não e verdade?? :) ahah Mas para ser sincero não faz muito o meu género.. Eu e os romances sexuais e afins não resulta muito bem, não...

    Mas ainda bem que gostaste assim tanto! :) E se a leitura e fluida, com uma narrativa bem direta, tanto melhor! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  3. Oiiii

    Te confesso que o gênero do livro não me chama a atenção e o fato de ser uma série me deixa com o pé mais atrás ainda já que é complicado terminar uma ´serie de um gênero que a gente nem curto muito.
    Ainda assim reconheço que o livro é original, a premissa é diferente de tudo o que já ouvi falar e pelo sucesso que anda fazendo está agradando mesmo.
    Fico feliz que vc tenha gostado das leituras.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bianca!
    Apesar de gostar de livros do gênero não consegui me interessar por essa série, a premissa acabou me repelindo e não sei se lerei os livros. É uma série grande e isso também me desmotiva, acho que não é uma leitura que me agradaria.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  5. Olá, Bianca.
    Que bom que você gostou do primeiro livro da série, tem mais onze pela frente!
    Vi muitas pessoas que não gostaram e eu nãos sei se leria porque realmente não faz parte do que costumo ler normalmente.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Oi Bianca,

    Que bom que você gostou do livro!
    Eu já estou lendo o mês de julho e te digo: só melhora viu? Eu não entendo os motivos das pessoas falando tão mal da Mia, eu entendo totalmente ela. E outra, ela tá ganhando dinheiro pra caramba, pra se divertir e conhecer pessoas ótimas, como o Wes. Haha. Eu espero que você continue a série e que goste também =)

    beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá Bianca,
    Pelo que tenho visto, esses livros são 8 ou 80, ou a pessoa ama ou odeia. Acho a premissa até interessante, pois o que motivou a Mia a escolher essa profissão é algo que me toca, mas não sei se devo ler, pois não gosto de romances eróticos, eles sempre me irritam e não me agradam em quase nada.
    Entretanto, muito legal você ter gostado e ter ficado cativada com a obra.
    Vou pensar mais um pouco sobre ler ou não rs.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Eu desisti da série no segundo volume e acho que fui até longe demais. Ainda não consigo entender o sucesso destes livros. Tirando toda a sensualidade da trama, que ao meu ver é apelativa, vamos pensar no enredo que levou a Mia a viver todas essas situações, a tal dívida do pai: cadê a polícia????? Não engulo este plot, superficial demais!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Ainda não iniciei a leitura da série, mas confesso que estou bem curiosa pelo fato de estar fazendo grande sucesso essas aventuras de Mia com um acompanhante em cada mês.
    Fico feliz que escrita da autora tenha te cativado e que a leitura foi fluida.
    Pretendo ler quando adquirir os volumes da série.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nunca pensei que esse livro seria capaz de fazer alguém chorar... Mas de qualquer maneira não leria, não acho a premissa interessante e não curto cenas hot. Fico feliz que tenha achado a escrita cativante e tenha gostado da protagonista, espero que continue curtindo a leitura até o fim. Esse Wes me parece ser um cara realmente espetacular! Hehe...

    ResponderExcluir
  11. Ola!

    Esta série nunca conseguiu despertar minha curiosidade, uma vez que, ao meu ver, cenas hot (ou até mesmo todo enredo) não se adequa aos propósitos da literatura.

    Não sou nem um pouco a favor do gênero e passo longe de querer gostar ou ter a curiosidade de ler livros assim.

    Mas, mesmo com tudo isso, fico muito feliz que você esteja se adaptando bem á "Garota do Calendário" e que a escrita te cativou! É sempre bom identificarmos com algo que nos deixam satisfeitos à ponto de indicar a leitura.

    Esta dica passa, mas parabéns pela resenha (:

    ResponderExcluir
  12. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
    é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
    Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
    Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
    também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
    Sou António Batalha.
    A Verdade Em Poesia.

    ResponderExcluir
  13. Oi, que bom saber que o livro supriu suas expectativas. Particularmente não me atraiu e não faz meu estilo, apesar de concordar que a leitura é fluída. Mas ainda lerei fevereiro para ver o que acho

    ResponderExcluir
  14. Olá, Bianca! Que bom saber que o livro te agradou! Já vi muitas resenhas dele e de outros da série, mas nunca os li. Confesso que fiquei curiosa, mas não é dos meus gêneros preferidos. Dizem que este primeiro é o melhor da série... Depois conta pra gente se você concorda. ;)
    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Já falei isso em várias resenhas em outros blogs, não gosto dessa série, não gostei da ideia e das premissas dos livros já lançado. Talvez por eu estar fugindo de clichês.O bom que ele é curtinho, dá pra terminar logo.

    ResponderExcluir